30 abril, 2011



Sinto gosto da tua boca e é o que mas desejo viver
Teus prazeres,nosso amor.
Que continue de onde começou aqueles sonhos e promessas que o vento apagou
Vamos acender está paixão que se manteve escondida em nosso coração.
Desertos e mares não á limite que juntos não possamos passar.
Voltando ao primeiro olhar quero te amar como nunca amei ninguém.

_____________________________________________________________

Quando o amor fala não mede palavras
Manifesta-se de uma forma inimaginária
Qualquer muro transforma -se em muralha
E por mas alto que esteja minha vontade de chegar aumenta
Para estar ao seu lado,para sentir a luz do teu amor em mim.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...