10 maio, 2011

Déjá vu



Já teve a impressão de que já esteve naquele lugar antes,já viu aquela pessoa,como o seu hoje fosse o mesmo que ontem?
Uma sensação inexplicável e super confusa,como se você já soubesse a próxima cena.
Então tudo acontece de novo,meus batimentos vão acelerando aos poucos,já não da para esconder o sorriso nem tão pouco minha mudança de humor,minhas mãos ficam suadas,só de pensar sinto um arrepio por todo corpo,toda aquela timidez que não sentia a tempos está em mim sempre que te vejo.
Minhas amigas começam a perceber meu alto controle com as palavras e apenas com uma piscadela uma para as outras sinto que o mundo inteiro está me olhando.
As mesmas conversas de sempre,sonhos iludidos e muitas madrugadas em claro no msn.
Pode parecer diferente,mas na verdade é a mesma coisa,são apenas déjá vus amorosos.
Estava tão bem sozinha,meu coração se sentia livre,não avia melodias nem rimas apenas eu e somente eu construindo meu futuro e desfrutando dos prazeres da amizade.
Não queria me sentir assim,aliás,tudo que um dia ouve se passou,não quero perder tempo sentindo algo que no final não vai dar em lugar nenhum.
Tristes não são os que choram por amor,mas sim aqueles que nunca tiveram a oportunidade de amar. Pense como é bom sair da mesmice sentimental,fazer do silencio da manhã os pássaros cantarolar como se o resto dos problemas do mundo não te atingisse.
Isso sim é viver,sentindo emoções novas a cada dia,esquentar o seu coração e sorrir mesmo que algo diga não.Porque o Déjá vu não é para viver o ontem novamente e sim uma oportunidade de fazer diferente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...