25 maio, 2011

Quando o amor ainda era preto e branco!


Imagine uma época aonde os homens apaixonados saiam pulando e cantarolando pelo bosque,confessando aos quatros ventos suas ilusões de amor.Muito fácil gostar de um cara com tanta expressão de liberdade, sem a vergonha de mostrar o que pensa sobre uma mulher.Ideal!
Eles se tornam mais charmosos com sua postura de bom moço e levado ao mesmo tempo,atraindo as filhas dos fazendeiros para uma aventura ardente e perigosa.

Pobre príncipe encantado-1967




O filme conta a historia de Wanderley um jovem sonhador paraquedista que vai para teresópolis passar as férias na casa de seu pai,um caseiro de uma mansão.Um dia passeando pelo bosque encontra uma linda garota chamada Débora,mas não revela sua identidade,diz apenas ser um príncipe encantado em busca da bela adormecida.Auxiliado por um amigo de infância Wanderley consegue prolongar o amor com a jovem,sem que está saiba quem ele realmente é. Quando um grupo de amigos dela chega para uma festa,percebem que Débora gosta de Wanderley que prova ciúmes em Bidú,um de seus pretendentes.Disposto a vencer o rival,Bidú passa a persegui-lo. A comédia/musical revela o limite do amor preto e branco.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...